Comprar Orquidea.com e os cookies: Nós usamos cookies para personalziar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade

Dicas e Curiosidades

Orquídea Walkeriana: Queridinha dos orquidófilos

Orquídea Walkeriana: Queridinha dos orquidófilos

A orquídea Walkeriana mais conhecida como “Rainha das Orquídeas”, é a queridinha dos orquidólis (colecionadores de orquídeas), é uma espécie de orquídea nativa do Brasil, e foi descoberta em 1839 por George Gardner em árvores à margem de um riacho afluente do Rio São Francisco, no estado de Minas Gerais, porém é muito encontrada também no Espírito Santo, conhecida por suas flores de tamanho mediano e encantadoras em várias cores, incluindo tons de rosa, lilás, branco e azul. Como já típico em praticamente todas orquídeas ela segue um ciclo de crescimento, floração e dormência e é cultivada com sucesso em grande parte do Brasil. Existem várias variedades e híbridos da Walkeriana, tornando-a uma escolha popular entre os entusiastas de orquídeas e na orquidofilia,  principalmente para colecionadores.

Nome Científico: Cattleya walkeriana

Nome Popular: Cattleya walkeriana Gardner, walkeriana

Família: Orchidaceae

Categoria: Flores, Orquídeas

Clima: Tropical

Origem: América do Sul, Brasil

Altura: 10 a 30 centímetros

Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra

Ciclo de Vida: Perene

Mais características da Orquídea Walkeriana:

Tamanho e Estrutura: A Walkeriana é uma orquídea de pequeno a médio porte, contém pseudobulbos uniformes, curtos e robustos que geralmente tem centímetros de altura na fase adulta. Normalmente são monofoliados, há casos raros de bulbos bifoliados.

As folhas podem ter um formato elíptico ou arredondado, são vigorosas, grossas e podem chegar a 12cm de comprimento.

Flores: O maior destaque das Walkerianas são com certeza suas flores de tamanho médio, que medem entre 8 e 12 centímetros de diâmetro. As flores podem ser encontradas em uma variedade de cores, incluindo tons de rosa, lilás, branco e, em raras ocasiões, azul. As pétalas são mais largas do que as sépalas, o labelo é trilobado e tem grande exposição da coluna.

Cultivo da Orquídea Walkeriana:

Para cultivar com sucesso a Walkeriana, é essencial fornecer algumas condições específicas, que incluem luz indireta, temperaturas moderadas (18°C a 27°C), umidade relativa do ar de 50% a 60%.

Vaso: O cultivo em vaso vai melhor com vasos pequenos e rasos tipo cuia, se for de barro com furos em baixo e nas laterais melhor ainda, é importante que tenha um substrato com boa drenagem, incluindo pedra no fundo do vaso, pois a walkeriana não suporta raízes enxarcadas por muito tempo.

Toquinho e Arvore: É muito bem cultivada em toco de madeira com ou sem casca mas se tiver casca que seja de preferência com casca rugosa, adoram madeiras duras como peroba, canela ou até mesmo sansão do campo. Também é de cultivo fácil em árvores vivas. Em cachepôs utilize um substrato composto por partes iguais de casca de pinus, carvão e pedra brita.

Propagação e Reprodução:

A propagação da Walkeriana pode ser realizada caseiramente através da divisão dos pseudobulbos e da planta-mãe. O cultivo in vitro é a opção de se produzir em grande escala, mas requer habilidades avançadas e equipamentos para que tudo saia bem.

Principais Pragas:

Pulgões: Pulgões são pequenos insetos que se alimentam da seiva das plantas, e vão enfraquecendo a orquídea e causando a deformação gradativa das folhas e brotos.

Cochonilhas: São insetos sugadores de seiva que se fixam nas folhas e pseudobulbos da orquídea, causando assim deformações e enfraquecimento rápido da planta.

Ácaros: Os ácaros são pragas minúsculas, muito pequenas, mas pequenas em tamanho apenas pois os estragos são grandes, podem causar descoloração e manchas nas folhas da Walkeriana.

Lesmas e caracóis: Esses moluscos se alimentam das folhas e flores de sua orquídea, retirando pedaços e causando grandes danos estéticos.

Lagartas: Algumas lagartas se alimentam das folhas de orquídeas, causando danos às folhas.

Principais Doenças:

Oídio: O oídio é causado pelo fungo Uncinula necator (Schwein.) Burril que forma uma camada de pó branco nas folhas e pseudobulbos, causando enfraquecimento da planta e danos estéticos visíveis.

Manchas foliares: São várias as doenças fúngicas que podem causar manchas escuras nas folhas da orquídea, afetando sua saúde geral e debilitando muito rapidamente sua orquídea

Podridão das raízes: A podridão das raízes é causada por excesso de umidade  e fungos

Vírus: Os vírus em orquídeas podem ser transmitidos por meio de ferramentas de corte não esterilizadas, como por exemplo tesouras ou facas usadas para podar ou dividir plantas. Mas também podem ser transmitidos por insetos, como pulgões, ácaros e tripes, que se alimentam da seiva das plantas e podem carregar o vírus de uma planta a outra.

Evitar Pragas e Doenças

Para evitar estas pragas e doenças, é de muita importância adotar medidas de manejo e cuidados adequados para a orquídea Walkeriana, como:

Manter um ambiente limpo e bem-ventilado, reduzindo assim as condições favoráveis ao desenvolvimento de pragas e doenças.

Isolar plantas recém-adquiridas por um período para evitar a introdução de pragas ou doenças que possam vir com esta planta ao seu orquidário.

Utilizar substrato apropriado para orquídeas, permitindo uma boa drenagem.

Fazer tratamentos preventivos, como a pulverização de inseticidas ou fungicidas específicos para orquídeas, se necessário.

Esterilizar tesouras e facas utilizadas para podar ou dividir mudas.

Mantendo estas medidas de prevenção e cuidado, você vai ter plantas muito mais saudáveis e isentas de pragas e doenças.

Conclusão:

A orquídea Walkeriana é uma jóia da flora brasileira e do mundo das orquídeas. Seu cultivo requer dedicação e  alguns cuidados específicos, mas em compensação as flores são lindas. Se você decidir cultivar uma Walkeriana, certamente terá uma conexão profunda com a natureza e suas belezas.

Você encontra walkerianas seedling (Mudinhas), pré adultas e adultas com ótimos preços e direto do produtor no site comprarorquidea.com.br

Todos os comentários
  1. Marlene Silva Oliveira
    Revisado em

    Comprei pela terceira vez as orquídeas por este site e em todas as compras as orquídeas vieram cada qual mais linda que a outra! Estou encantada com minhas compras e recomendo!!!

Deixe uma resposta